Prefeito Raimundo Batista Santiago reuniu com os Órgãos de Segurança de Jacareacanga

0

Com a presença de representantes dos órgãos de segurança do município, o Prefeito Raimundo Batista Santiago, realizou em seu gabinete, uma reunião que discutiu o trânsito de Jacareacanga. Com acidentes causados por motociclistas que tem elevado índice de acidentes e pessoas transferidas para tratamento em Santarém, o Prefeito resolveu discutir com os órgãos de segurança, a melhor opção de como combater esse índice.

Presentes a reunião, dra. Renata Bilby – Ministério Publico, Sargento Gama – 72º Pelotão de Policia Militar, EPC Soares – Policia Civil, Clevinho Amorim – Diretor do Comtranja e representantes das cooperativas e associações de Mototaxistas da cidade. Também participaram da reunião, representantes dos mototaxistas, considerados irregular.

O Prefeito Raimundo Batista Santiago, falou das dificuldades e o prejuízo que o município está tendo com inúmeros transportes de pacientes por acidente de motocicletas. O Prefeito tem solicitado junto a Comtranja, rigorosas fiscalização e orientação nas ruas das cidades, para tentar coibir os acidentes com motociclistas. O Prefeito, disse também que preservar essas vidas, é a sua constante preocupação, por isso solicita fiscalizações e orientações mais rigorosas.

A reunião também teve o objetivo de estabelecer normais para os mototaxistas, dentro que manda a lei de trânsito. Alguns que estão rodando sem qualquer documentação, colocando em risco sua vida e de outras pessoas. O Coordenador do Comtranja, disse que dentro da legalidade que que é permitida, os agentes do órgão, estão fiscalizando e orientando os condutores, citou que no domingo que passou, o órgão coibiu as ilegalidades do transito, como falta de equipamentos necessários nas motos e condutores embragados.

O Sargento Gama da Policia Militar, disse que, a PM está a disposição dos órgãos, e que tem realizado apoio ao Comtranja, quando é solicitado outra pratica que a PM está combatendo, é os sons automotivos fora de hora permitida, que ser acionados pela população prejudicada, tem ido até os locais e pedindo para que seja desliga, persistindo o aumento do som, dentro das normais legais e feito apreensão.

Ao ser indagada que o Ministério Publica, poderia fazer em relação a legalizações dos mesmos, a representante do MP, disse que orientava a legalizar, que não poderia dar orientação, que não fosse dentro da legalidade.

Participaram também da reunião; Wandelmo Olveira – Assessor de Governo, Vladenir Moris Borô – Secretario de Assuntos Indígenas e chefe de gabinete Walter Tertulino.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade